Técnico de Som

HEADSETS

HEADSETS

 

 

 

Microfones headsets (head = cabeça) são condensadores (cápsula pequena, precisa de energia - pilha) com uma haste que é presa na cabeça do usuário, nas duas orelhas. O Le Son HD-75 é um bom exemplo com fio, mas é muito mais comum encontrar esse tipo de microfone em sistemas sem fio.

Como o microfone é preso pela cabeça, ele acompanha a movimentação da pessoa. Dá bastante liberdade ao usuário. A cápsula do microfone está sempre posição diretamente à frente da boca da pessoa.

No modelo da Le Son, a pilha fica em um compartimento igual aos lapelas ML-70, e tem uma boa durabilidade (meses). Em microfones sem fio, a mesma pilha que alimenta o transmissor também alimenta a cápsula.

A sensibilidade pode ser baixa, pois a distância até a fonte sonora é pequena e não varia. No caso do HD-75, a sensibilidade é de –46dB, um valor intermediário entre os lapela e gooseneck (-38dB) e os dinâmicos de mão (-52dB). Essa sensibilidade aliada à posição fixa bem próxima da boca permite um alto volume de captação. Existem modelos com padrão de captação ominidirecional ou cardióide (captação em 360º ou em 180º), sendo este última mais comum e é utilizado neste modelo da Le Son . O preço do Le Son HD-75 é aproximadamente 150,00. Garantia de 6 meses.

Vantagens
A grande vantagem deste tipo de microfone é a posição fixa e constante, junto à boca da pessoa. Por estar próximo da fonte sonora, precisamos abrir pouco o volume, e por consequência teremos menos risco de microfonia. A maioria ainda é direcional (cardióide, supercadióide), e dá para ter retorno de som tranquilamente.

A liberdade de movimentação do usuário é total. Para onde ele se virar, o microfone estará sempre com ele. Este tipo de microfone, em sistemas sem fio, é o preferido por palestrantes e professores, que precisam se movimentar muito e ter as mãos livres.

Podemos ver esse microfone na televisão, em programas de auditório ao vivo, onde o usuário muito se movimenta. São locais com muitas caixas de som, e nesse caso headsets são insuperáveis, pois são os menos sujeitos à microfonias. 

A construção desse tipo de microfone varia muito de qualidade. O Le Son até é bem robusto, e vários modelos de boas marcas também o são. Mas existem os que são tão frágeis quanto os lapelas. Já cheguei a ter nas mãos um modelo todo de plástico de R$ 30,00, de aparência fragilíssima De qualquer forma, toda cápsula condensadora precisa de mais cuidados que uma dinâmica.

Desvantagens
É pouco usado como microfone de púlpito, apesar das vantagens. O motivo é que é um “trambolho”. Ainda que seja de cápsula relativamente pequena e não atrapalhe a visão da platéia para o pregador, o sistema de fixação na cabeça é complicado. É necessário encaixar o suporte nas orelhas e depois acertar a posição da haste do microfone em direção à boca. É trabalhoso e toma tempo, e por isso muitos não querem utilizar um microfone desses. Também é incômodo para quem usa óculos. Chega a doer a orelha após algumas horas de uso. No caso do modelo da Le Son, ainda tem um "trambolhinho", que é o compartimento da pilha.

É um excelente microfone, que não merece os olhares desconfiados dos usuários. Parece que as pessoas tem verdadeira vergonha de colocar o headset, já que é trabalhoso mesmo. Mas, uma vez acertado, é simplesmente excepcional. A maioria é bem leve.

Outras informações
É um tipo de microfone útil para quem precisa deixar as mãos livres. É muito utilizado por músicos, como os flautistas, ou ainda aqueles que querem cantar e tocar ao mesmo tempo, como tecladistas.

Recomendado: sempre, é muito bom mesmo. Pouquíssimo problema de microfonia (sem exagerar no volume, claro). Mas convencer os usuários é outra história. Quando a acústica do lugar for péssima, será a melhor opção.