Translate this Page
Enquete
Qual assunto você prefere ?
Mesas de Som
Microfones
Equalizadores
Frequências
Caixas Acusticas
Ver Resultados

ONLINE
1



 


TESSITURA MUSICAL

                                                             TESSITURA MUSICAL

 

Na música, tessitura refere-se ao conjunto de notas usadas por um determinado instrumento musical, com a qualidade necessária à sua execução. No caso da voz humana, refere-se ao conjunto de notas que um cantor consegue articular sem esforço de modo a que o timbre saia com a qualidade necessária. A tessitura tem, portanto, uma abrangência menor que a extensão. Enquanto que a extensão representa todas as notas fisicamente realizáveis, a tessitura refere-se às notas mais frequentemente utilizáveis.

Em termos de grafia, a tessitura representa-se pelas notas mais grave e mais aguda ligadas por um hifen, com a indicação numérica da oitava a que pertencem. Exemplo: Dó2 – Dó4.

Por vezes, numa partitura para coro ou voz solista, indica-se a nota mais grave e a nota mais aguda das partes vocais, a que se dá o nome de âmbito.

Tessitura Monofônica: única linha melódica sem acompanhamento, como o canto gregoriano;
Tessitura Polifônica ou Contrapontística: duas ou mais linhas melódicas executadas ao mesmo tempo;
Tessitura Homofônica: única linha melódica com acompanhamento de acordes.
Partitura de Orquestra: aparece na ordem dos quatro naipes (madeiras-metais-percussões-cordas), se houver harpa, vem entre percussão e coras e se houver vozes e instrumentos solistas, se encontra acima das cordas.
Partituras e Partes: cada músico possui apenas a “parte” da partitura total da música que irá executar.
Ária: significa “ar” do italiano. É canção para solista, normalmente, ópera, oratório ou obra vocal longa.
Arieta: ária de duração curta em óperas cômicas.
Cânon: obra musical em que os intérpretes usam a mesma linha de notas, começando em tempos diferentes, mas a música se encaixa no final. Uma voz segue a outra que segue a outra e assim por diante.
Cânone: plural de cânon.
Libreto: palavra italiana que significa livrinho, é a peço ou texto de uma obra.
Movimento: seção independente de uma obra mais extensa, como um concerto, sonata, suíte ou sinfonia.
Recitativo: são passagens, na ópera, meio faladas e meio cantadas, com acompanhamento simples de acordes ou notas longas sustentadas.
Afonia: perda momentânea da voz.
Bocca Chiusa: cantar com a boca fechada
Cantiga: ária popular ou versos musicados.
Cantinela: pequena canção.
Bel Canto: é a arte de cantar árias de uma ópera.
Cavatina: pequeno trecho de ópera em uníssono geralmente intercalado em um recitativo.
Falsete: acontece quando as cordas vocais tentam alcançar sons agudos “na voz de peito” e saem sons finos, dizemos que a voz gira.
Mezza –Voce: significa meia voz.